Lentes de contato, uso seguro

 

  1. Procure um oftalmologista para exame oftalmológico e adaptação das lentes de contato
  2. Não ultrapasse o número de horas ou dias de uso recomendado pelo oftalmologista.
  3. Siga rigorosamente os cuidados de limpeza, conservação e desinfecção recomendados pelo oftalmologista. A escolha dos produtos a serem utilizados deverá levar em consideração as características do olho e o tipo de lente de contato.
  4. Substitua as lentes no prazo recomendado pelo oftalmologista, mesmo que pareçam confortáveis. Lentes usadas além do tempo recomendado têm um risco de complicações consideravelmente mais alto.
  5. Faça uma avaliação a cada 6 meses com o oftalmologista.
  6. Não use lentes de contato de outras pessoas, pois elas podem transmitir doenças.
  7. Em caso de sintomas e sinais como dor, olho vermelho, lacrimejamento, sensação de corpo estranho, diminuição da visão, retire as lentes e procure o oftalmologista.
  8. Não durma usando lentes de contato, a não ser quando isto for permitido pelo oftalmologista.



 

Quem pode usar, qual o tipo de lente mais adequado, como usar, quais os cuidados necessários e quais as possíveis complicações decorrentes do uso das lentes de contato?

Para responder a estas questões é preciso consultar um oftalmologista.

Somente o oftalmologista tem o conhecimento e está habilitado a avaliar corretamente o paciente e a determinar os parâmetros da lente de contato a ser adaptada.

QUALQUER QUE SEJA A LENTE ESCOLHIDA, O USUÁRIO RECEBE NO INSTITUTO PANAMERICANO DA VISÃO, TREINAMENTO PARA COLOCAR E RETIRAR AS LENTES DE CONTATO